AcidentesSaúde

Maternidade: como evitar assaduras em recém-nascidos?

Quem é mãe ou pai de bebê sabe que cuidar da higiene é importante para manter as assaduras bem longe da pele sensível do pequeno. 

Manter a região íntima bem limpa, sempre usar fralda de qualidade e trocá-la constantemente são algumas atitudes simples que fazem toda diferença no bem-estar, qualidade de vida e saúde do bebê. 

Continue a leitura e entenda como e porque as assaduras surgem, além de dicas para evitá-las ou tratá-las, quando necessário. 

O que causa assadura nos bebês? 

Assadura é uma reação inflamatória da pele causada pelo contato com substâncias irritantes presentes no xixi e cocô que ficam na fralda. O ambiente dentro da fralda é abafado e úmido, facilitando a proliferação de fungos, principalmente a cândida – que também causa o sapinho. 

A assadura na pele se manifesta como vermelhidão, bolinhas, podendo evoluir para descamações, até chegar em casos mais críticos, com erupções e sangramentos. 

No verão, a assadura pode surgir com mais frequência ou piorar, graças ao suor que aumenta a umidade da região e facilita a propagação de fungos. Fraldas muito apertadas podem piorar o quadro, por isso, prefira sempre usar uma fralda ajustada ao bebê. 

Por outro lado, a boa notícia é que é possível evitar assaduras com medidas simples do cotidiano. E, se preciso, tratá-las em casa também com facilidade. 

Continue a leitura e saiba mais. 

Como evitar assaduras 

É importante usar uma fralda de qualidade, do tamanho certo para seu bebê. Ao testar um modelo, observe se a criança não apresenta algum tipo de desconforto ou reação alérgica.

Mantenha a limpeza da região íntima do bebê com frequência – troque de fralda em torno de 7 a 8 vezes por dia. Ao trocar, dê preferência ao algodão com água para limpeza. 

Sempre que optar pelos lenços umedecidos, busque por alternativas mais neutras, sem cheiros ou outros aditivos. Como a pele do bebê é muito sensível, algumas substâncias podem causar alergias. 

A cada troca de fralda você pode incluir na rotina o uso de pomadas preventivas de assadura ou óleos próprios para isso. Eles cumprem o papel de barreira, protegendo a pele contra o contato direto com a fralda, a umidade e as substâncias irritantes, o que é muito eficaz para prevenir as assaduras. 

Escolha um produto hipoalergênico e dermatologicamente testado. O pediatra pode indicar a melhor alternativa.

Meu bebê está com assadura, o que fazer?

Mesmo com todos os cuidados, as assaduras ainda podem aparecer. Nesse momento, mantenha a calma e trate com alguns cuidados. Em poucos dias ela tende a desaparecer, caso contrário, é importante conversar com o pediatra. 

O que fazer caso meu bebê fique “assado”? Quando a assadura surge, o ideal é deixar o bebê o máximo de tempo possível sem fralda para a pele respirar. 

É importante continuar com as dicas que demos até aqui, de manter a região bem limpa. Também atente-se para deixá-la seca antes de colocar uma nova fralda. 

Cremes ou pomadas à base de óxido de zinco podem ajudar no tratamento. Normalmente, são as mesmas utilizadas para prevenir a assadura. Aplique depois de deixar toda a região limpa e seca. 

No geral, em 48h os sintomas da assadura regridem. Mas vale reforçar que o pediatra sempre é o profissional indicado para orientar a melhor conduta em cada caso. 

Para bebês que ficam muito irritados com as assaduras, uma dica é fazer um banho de camomila. O chá misturado na água da banheira pode proporcionar um banho relaxante para o bebê, já que a camomila tem propriedades calmantes que agem também na pele. 

Pronto, agora você já sabe o que fazer para evitar e como tratar as assaduras, caso elas apareçam na pele do seu bebê. Cuidados diários são fundamentais nesse processo. Por isso, aplique as dicas na sua casa e proporcione mais saúde, carinho e bem-estar para seu filho. 

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

Related posts
Saúde

Quando o coração precisa de angioplastia

Share on Facebook Share …
Read more
Saúde

Quais os melhores suplementos para emagrecer?

Share on Facebook Share …
Read more
Saúde

Dengue: mosquito “prefere” tipo sanguíneo O e quem acabou de beber

Share on Facebook Share …
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

[mc4wp_form id="729"]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CleverNT: 58242 Visits Devices Code Obs Start: 2022-04-01 End: 2022-04-30 Copy the code. Paste it on the source code of your website, near the bottom, just before ex: same way you insert the google analytics script/code In case you're using banners, you also need to add the Tag: