BK2

Editorial; O chororô é grande, mas o apetite para se chegar à Prefeitura é grande

INTRODUÇÃO:

“Belmonte precisa de uma gestão pública baseada na qualidade total. Princípios básicos como parcerias público privadas e sustentabilidade deve ser a realidade da administração pública. O gestor tem que estar preparado para oferecer aos cidadãos uma Prefeitura eficiente. Um novo modal na saúde e educação, gestão na mobilidade urbana, um novo projeto arquitetônico na sede e distrito, diminuição da máquina pública, respeito e responsabilidade com o dinheiro público. E a mais importante parceria com os empresários e apoio a associações.”

REALIDADE:

Faltando pouco mais de um ano para as eleições de prefeito e vereador, onde a população voltará às urnas para decidir o futuro da sua cidade para os próximos quatros anos, o clima está cada vez mais tenso, e quente nos bastidores da política  na terra do mar moreno em Belmonte.

É mera ilusão de quem pensa que a fervura politica só acontece nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp. O assunto não é outro entre aliados do governo, e nos grupos oposicionista. Em busca de apoio e votos a noite tá virando dia.

Há quem afirme que haverá mudança na escalação de cada time até as convenções. E os primeiros sinais estão no comportamento de alguns. O segundo sinal será na abertura da janela partidária, e por terceiro,  nas convenções dos partidos.

De olho, alguns observadores e analistas políticos que conhece a política partidária do munícipio, apostam que muitas mudanças no cenário político serão inevitáveis não acontecer. “Uns soldados irão sair do exército, enquanto outros irão entrar na tropa na linha de frente”.

Cada decisão não coletiva poderá fortalecer ou não o adversário. É preciso cautela, muita cautela nas decisões, uma jogada errada pode colocar tudo a perder, inclusive o lápis, a borracha e a calculadora .

O bk2.com.br sempre ouvindo e sendo ouvido por alguns políticos, com e sem mandato, já podemos afirmar com muita precisão se as eleições fosse hoje, apenas três grupos político disputaria a prefeitura, e não quatro ou cinco como revela as redes socais.

Uma coisa é certa: As eleições de 2024 para prefeito e vereador tá chegando!

Sair da versão mobile