Marketing Digital

Copywriting no marketing digital: textos que vendem mais

O copywriting no marketing digital é uma estratégia que pode ser utilizada em anúncios, assim como na divulgação da sua empresa por meio do email marketing, redes sociais ou site. 

Essa estratégia consiste na criação de textos que sejam atraentes para o público-alvo e que façam com que as pessoas se tornem clientes da sua marca. 

Neste artigo, você compreenderá o poder do copy, assim como seu potencial aliado ao marketing digital para agregar benefícios ao seu negócio. Conhecerá algumas estratégias e ferramentas de apoio, assim como aplicar em sua marca. 

Não perca a oportunidade de conhecer essa excelente estratégia para sua empresa. Acompanhe os detalhes no decorrer do artigo!

Entenda o que é um Copywriter

O primeiro passo é compreender o copywriter, que se refere a um profissional que produz textos direcionados na conversão. 

A conversão é uma ação que torna uma pessoa em um cliente em potencial ou até mesmo que atua no processo de convencimento para a compra. 

Além disso, o copy consegue guiar o leitor para desempenhar uma ação específica, utilizando técnicas de persuasão. 

Provavelmente, você já deve ter lido um conteúdo que chamou sua atenção ou até mesmo clicou em um link do seu interesse. Quem trabalhou para que isso acontecesse foi o copywriter.

Cada vez mais com o crescimento da concorrência é essencial que as empresas invistam nesse profissional para chamar a atenção dos clientes e não perder as oportunidades dentro do seu escritório de contabilidade São Paulo, por exemplo. 

Copywriting x marketing de conteúdo: entenda as diferenças 

Muitas pessoas confundem o conceito de copywriting e marketing de conteúdo, apesar deles não apresentarem a mesma ação. 

Isso porque enquanto as técnicas de copywriting são voltadas de forma específica para as vendas, o marketing de conteúdo trabalha de maneira mais abrangente. 

Ou seja, ele irá atuar na elaboração de um conteúdo que seja informativo para o cliente, assim como que trabalhe para seu entretenimento e encantamento em relação ao seu negócio. 

Nesse sentido, o copy atua guiando uma pessoa para o caminho da compra, enquanto que o marketing de conteúdo contribui para o processo de atração inicial e estreitamento da relação entre marca e consumidor. 

Ainda assim, é importante ressaltar que apesar das diferenças, esses conceitos podem ser aliados. 

Conheça dicas de copy para o seu negócio 

Agora que você já conhece o que é o copy e sua importância no processo de geração de vendas de consultoria de contabilidade ou de outro segmento, vamos conhecer dicas importantes do processo produtivo do copy. Acompanhe os detalhes no decorrer do artigo!

Conheça seu público-alvo

É muito importante que sua empresa saiba quem é o público e compreenda qual é a melhor linguagem para falar com ele. 

Essa é uma etapa de reconhecimento dos interesses, preferências, gostos e vivências, sendo essencial para a criação de uma estratégia dentro do marketing digital.

Nessa etapa é crucial identificar a persona, que é um personagem ideal do seu consumidor. Assim, a maneira de se comunicar fica mais simples e atraente no processo de conquista do receptor. 

Desenvolva uma comunicação com clareza e objetividade

A comunicação dentro da sua empresa, assim como para seu público-alvo precisa ser clara, convincente e concisa. 

Isso quer dizer que a mensagem precisa ser de fácil compreensão. Textos ou conteúdos difíceis, com palavras complicadas fazem com que a mensagem não fique clara. 

Por isso, nesse momento é essencial evitar confusão, lembre-se de produzir um material com clareza e palavras simples. 

Aposte no uso de gatilhos mentais 

O copy em sua empresa de auditoria contábil trabalha na persuasão com o cliente. 

Para isso, existem alguns gatilhos mentais, que motivam a pessoa psicologicamente para a realização de atividades. 

Esses gatilhos foram desenvolvidos a partir de padrões de comportamentos que motivam as pessoas a realizarem uma determinada ação. 

Os gatilhos contribuem para despertar interesse e emoção nas pessoas por meio de um comando ou direcionamento. 

Existem alguns gatilhos mentais que são bem comuns, dentre eles, podemos destacar os gatilhos de:

  • Urgência;
  • Prova social;
  • Exclusividade;
  • Autoridade;
  • Escassez. 

Esses gatilhos estão interligados e despertam um senso de urgência e de necessidade de tomar uma decisão naquele momento. 

Por exemplo, quando você diz “últimas horas para inscrição”, “só temos mais 2 vagas para esse curso”, “última chance de você comprar o tão sonhado…”, são frases que despertam emoção e interesse do público.

O mesmo vale quando falamos sobre prova social, que se refere a uma ação que muitas pessoas praticam e por isso, estão bem no mercado. A ideia da exclusividade também traz uma percepção de que você é único, despertando o interesse da pessoa. 

Use call to action 

Outro ponto muito importante quando falamos sobre marketing é o call to action (CTA) que representa uma chamada para ação.  

Esse tipo de estratégia busca convidar ou estimular a pessoa a tomar uma atividade. Por exemplo “inscreva-se”, “participe”, “clique aqui”, “assine”, “ligue agora”, são exemplos de chamadas para a ação. 

A definição de um call to action em uma empresa de sistema de gestão financeira para pequenas empresas ou em qualquer outro negócio deve ser aliada em parceria com a equipe de marketing e de copy. 

Você já ouviu falar na fórmula AIDA?

Para complementar esse assunto, é importante falarmos da fórmula AIDA, que representa Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Esse é um método bastante interessante no momento de despertar a atenção do cliente em passar de fases dentro da empresa, tomando atitudes, contratando serviços ou comprando um produto. 

Na primeira etapa em que ocorre a atenção, o objetivo é desenvolver um texto que chame a atenção de uma pessoa, seja por meio da leitura ou da visualização de um texto. Mas, 

o material não deve somente chamar a atenção e sim, despertar o interesse. 

A mensagem precisa corresponder aos interesses e necessidades do usuário, de modo que ele esteja engajado na comunicação da empresa. 

O processo de desejo é quando a pessoa já demonstrou um interesse pelo seu negócio ou marca, dessa forma é necessário alimentar esse desejo por meio dos gatilhos mentais e das frases de ação (ou call to action). 

Esse trabalho de emoções deve ser feito com respeito ao cliente.

Por fim, se o copy conduzir corretamente as outras etapas fica muito mais fácil finalizar uma ação. 

Esse é o momento do fechamento, ou seja, é a fase em que o cliente irá finalizar o processo da compra. Nessa etapa, a empresa já incentiva mais diretamente o cliente a concluir sua compra dentro do site ou na loja física. 

Para desempenhar essa ação de forma correta, existem algumas fórmulas que podem ser aplicadas em seu negócio, como é o caso da fórmula AIDA. Fique atento a esses detalhes e desenvolva um material baseado no que falamos aqui!

Erros que devem ser evitados no copy

Existem algumas ações que precisam ser evitadas no cenário do copy, pois indicam uma falta de credibilidade e coerência na empresa. 

Alguns aspectos como erros gramaticais, falta de sentido, dentre outros, são erros que não podem estar presentes no negócio. 

Outros elementos precisam da sua atenção! Destacamos alguns a seguir!

  • Não detalhar os benefícios do seu produto;
  • Usar jargões incorretos;
  • Pressionar o cliente de forma negativa;
  • Não segmentar as informações;
  • Agregar informações desnecessárias ao processo. 

Se você deseja vender um produto ao cliente, ele precisa conhecer quais são os benefícios dessa compra. Por isso, detalhe quais são as características do produto, os benefícios e vantagens com a compra, dentre outros elementos importantes. 

Existem vários nichos importantes do mercado e eles utilizam jargões, mas é necessário ter cuidado e analisar qual é a melhor linguagem e forma de expressão com o público-alvo.

Lembre-se de que é ideal simplificar a leitura, ou seja, seja claro e objetivo. 

Outro erro dentro de um negócio é não segmentar as informações e compartilhar o conteúdo com todas as pessoas. Os nichos de atuação são diferentes e por isso, a linguagem também será. 

Se a informação não for segmentada, você corre o risco de perder vendas. 

Por fim, existem pessoas que trabalham com o copy e que acabam escrevendo demais, agregando informações que são desnecessárias para aquele momento ou fase da jornada de compra do consumidor. 

Para produzir com qualidade, além das dicas que falamos aqui, é fundamental criar um planejamento de comunicação e se organizar em relação às estratégias que serão feitas.

Uma possibilidade é mensurar os resultados para identificar se as ações estão dando certo ou se é necessário fazer mudanças. 

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

Related posts
Marketing Digital

Link building: uma estratégia poderosa no marketing

Share on Facebook Share …
Read more
Marketing Digital

Saiba como criar uma estratégia de marketing digital eficaz para o seu e-commerce

Share on Facebook Share …
Read more
Marketing Digital

Marketing Jurídico: o que é e como funciona

Share on Facebook Share …
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CleverNT: 58242 Visits Devices Code Obs Start: 2022-04-01 End: 2022-04-30 Copy the code. Paste it on the source code of your website, near the bottom, just before ex: same way you insert the google analytics script/code In case you're using banners, you also need to add the Tag: