BK2

Projeto social que leva jovens da Bahia para estudar na Baixada Santista ganha websérie

A transformação da vida de dezenas de jovens baianos, ganhou registros em uma websérie produzida por dois jornalistas, que irá para a tela do cinema e redes sociais. Nomeado como “Da Pracinha à Universidade”, o audiovisual foi inteiramente produzido por Vitor Leutz, de 23 anos e Laís Regina Cangassú, de 21.

O projeto nasceu como um trabalho de conclusão de curso para a graduação de Jornalismo da Universidade Santa Cecília, em Santos. A aprovação dos jornalistas recém formados foi garantida, e agora a websérie ultrapassa o meio acadêmico e será exibida ao público – no cinema em formato de documentário de 55 minutos, e na internet como uma série de 3 episódios.A história contada é sobre jovens que mudaram de vida, devido ao trabalho realizado pela iniciativa sociocultural ‘Equipe Riso’ criada por um casal que chegou há 17 anos em Belmonte, município no interior da Bahia, e que lá desde 2008 atua na inclusão social por meio de atividades complementares culturais e de educação escolar.A mostra do documentário acontecerá no cine Roxy de Santos, nesta terça (12), a partir das 20 horas, com ingressos a R$ 30,00 e renda revertida integralmente à ONG.

Laís Regina e Vitor Leutz durante a viagem para Belmonte, cidade em que a websérie foi produzida.

Laís Regina Cangussú, uma das autoras do trabalho, também é integrante da ‘Equipe Riso’ há 10 anos, e é uma das jovens que tiveram a oportunidade de acesso ao ensino superior graças à assistência da ONG. “Ter escolhido contar a história da Equipe Riso e dos Jovens que saem de Belmonte para construir um futuro em Santos, no meu trabalho, foi uma maneira que encontrei para agradecer aos fundadores e parceiros da ONG”, disse a jornalista.Natural de Belmonte (BA), Laís ressalta a importância da ONG para a comunidade da cidade baiana: “Sempre que converso com minha mãe sobre o impacto que a instituição tem nas nossas vidas, ela fala que a sensação foi a mesma de ter ganhado na loteria, até hoje não conseguimos descrever em palavras o que eles fazem pela gente há 10 anos e por tantas outras famílias belmontenses”.Parceiro de Laís na produção da websérie, Vitor Leutz considera o projeto como o mais importante de sua trajetória. “Não foi fácil, por isso foi o trabalho da minha vida. Laís sempre me disse sobre como Belmonte era, e ao viajar para fazer as gravações, conheci uma cidade com belezas naturais e também a realidade de pessoas que vivem com muito pouco, sem energia elétrica, sem saneamento básico”.“Contar a história de jovens que estão há 14 anos na ONG, e que em 2018 ingressaram em uma universidade, foi incrível. Ainda mais por dar visibilidade para histórias de superação”, completa o jornalista.A emoção toma conta dos dois amigos de classe e jornalistas, que esperam com ansiedade a chegada do dia da mostra. “Não sei nem o que esperar, será um sonho realizado. Pensamos em muitas hipóteses de apresentar esse trabalho para o mundo, e achamos que essa é a mais grandiosa”.

Confira abaixo o teaser da websérie.

Sair da versão mobile