BK2

Novo sistema para comercialização de Zero Km entra em operação

Na segunda-feira, 24/01, o Renave 0 Km entrará em operação, com promessa de mais segurança na comercialização de veículos novos no país. Para quem compra, nenhuma alteração. Mas quem vende deverá estar cadastrado no banco de dados do sistema, tanto a concessionária quanto os estoques.

As concessionária que não se cadastrarem, não vão ter como vender veículos novos não emplacados. O novo sistema vai permitir a averiguação de informações indispensáveis, como a presença do veículo no estoque da loja emissora da Nota Fiscal.

A empresa habilitada vai poder realizar operações diretamente nas bases de dados do Detran estadual e da Receita Federal do Brasil. Na hora da transferência de um veículo, por exemplo, o sistema já valida a nota fiscal eletrônica (NF-e) e comunica automaticamente a solicitação de transferência da propriedade aos órgãos competentes.

Com o Renave 0 Km, o serviço de primeiro emplacamento só poderá ser realizado após a confirmação de dados entre a revendedora, Serpro, Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) e o Detran do estado, assegurando a real procedência do veículo.

O Detran-BA já está integrado ao sistema. A ambientação tecnológica para a implantação do novo serviço foi preparada pelo Departamento Estadual de Trânsito e as mudanças são consideradas relevantes para evitar fraudes.

“É uma importante modernização que garante segurança para as revendas, impedindo clonagem de veículo e tornando o processo transparente desde o início da operação até a entrega do veículo ao proprietário”, explica o diretor-geral Rodrigo Pimentel.

As transferências de veículos emplacados (novos ou usados) serão contempladas na próxima etapa de implantação do Renave. A estimativa é que a segunda fase do projeto esteja em funcionamento no Detran-BA ainda no primeiro semestre de 2022. 

O Renave

O Renave é uma tecnologia criada pelo Serpro e a Senatran, integrado ao Sistema Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM), visando modernizar o sistema de compra, venda e gestão de estoque de veículos automotores no país. O diferencial é a digitalização do processo, de forma que a transferência da propriedade do veículo seja efetuada de maneira rápida e com custo reduzido.

Sair da versão mobile