BK2

Cuidado com o novo vírus do PIX

A bandidagem já arquitetou um novo golpe envolvendo o PIX, aquelas transações online, gratuitas e instantâneas criadas pelo Banco Central. E isso está tirando o sono de milhões de clientes bancários.

Entre o final de 2022 e o início de 2023, especialistas em cibersegurança identificaram um vírus que intercepta a movimentação em aplicativos ou nos computadores, rouba as senhas, altera os dados do beneficiário e envia o dinheiro para outras contas. Tudo acontece em fração de segundos e as vítimas nem se dão conta.

O vírus parece estar relacionado ao BrasDex, muito utilizado em malwares, e já atacou 10 grandes instituições financeiras. Ao menos, mil golpes já foram aplicados em correntistas do Brasil, causando um prejuízo de milhões de reais. Os valores transferidos indevidamente vão, geralmente, para a conta de um laranja cooptado pelo grupo.

O criminoso acessa o celular da vítima por meio de links que são encaminhados por emails ou mensagens de WhatsApp. Ao clicar neles, o vírus começa a atuar “infectando” o telefone, enquanto aguarda o momento certo para agir.

Sair da versão mobile