Diversas

5 dicas para começar uma obra

Para obter um bom resultado, o primeiro e principal passo para a definição e organização de uma obra é o planejamento. É nele que as etapas e fases da obra são definidas e alinhadas.

Além da combinação de atividades essenciais, como o orçamento, cronograma e controle das obras, portanto, planejar uma obra pode ser uma ação denominada como um guia.

Usando as informações de um planejamento de obras, é possível criar estimativas, calcular previsões e se adiantar em imprevistos. Além de ter uma visão geral e ampla de projetos.

Para obter esses e tantos benefícios, a execução do planejamento de uma obra deve ter alguns elementos muito específicos. Neste texto, falaremos mais sobre isso, confira!

A importância de planejar uma obra

Para criar um bom planejamento de obra, será necessário juntar informações importantes como conhecer a linha de combate a incêndio antes do início de tudo.

Também é necessário levar em conta que podem ocorrer alguns imprevistos quando for a hora de passar o plano para o mundo real.

Um dos erros mais comuns de acontecerem nesses casos é de achar que só ocorreram situações perfeitas e ideais, o que faz com que a construção fique arriscada desde o primeiro passo.

Isso pode fazer com que o documento não seja validado logo de início por não estar de acordo com as situações reais que estão acontecendo, como um quadro de comando eletrico, mal elaborado.

A seguir, conheça as etapas mais importantes para o planejamento de obras eficientes.

Levantamento de informações do local

Um planejamento de obras, seja ele grande ou pequeno, deve sempre levar em consideração as informações do local da obra, como dados e aspectos do terreno e região.

Se isso não acontecer e o planejamento não tiver algumas informações do local, como a necessidade de raspagem de deck de madeira já existente, problemas podem aparecer enquanto a obra estiver sendo feita e atrapalhar sua execução.

Criação do projeto 

A busca pelo arquiteto responsável pela obra acontece na segunda etapa, ele deve ser responsável, experiente e entender os planos de obra que precisam ser realizados.

Feito isso, deve haver uma conversa para chegar a um entendimento sobre os desejos do cliente e o que é possível dentro de um orçamento que já deve ter sido pré-estabelecido.

Na maioria das vezes, substitutos são criados para ser possível atender os desejos do cliente como de um piso concreto polido residencial, e o arquiteto explicará as diferenças entre o desejado e o que é possível fazer.

Como o projeto deve sanar as vontades do cliente e ao mesmo tempo, as leis e o plano diretor local, é importante atender aos requisitos do usuário na NBR 15575, que falam de fatores muito importantes, como:

  • Prevenir vazamento de água;
  • Desempenho térmico;
  • Acústica e iluminação;
  • Saúde e higiene;
  • Qualidade do ar;
  • Funcionalidade e acessibilidade;
  • Conforto tátil.

Respeitar normas é fundamental, além de saber os requisitos que o lugar deve seguir, pois eles podem mudar, dependendo da localização.

Elaboração dos desenhos

Depois que a ideia do projeto for pensada, o desenho da obra finalizada pode ser montado com ou sem a ajuda de ferramentas tecnológicas.

Isso dependerá do cliente, do executor da obra e, principalmente, do arquiteto. Essa projeção deve ser feita levando em conta tudo o que foi conversado com o cliente.

Ou seja, o mais preciso possível, e não deixar nenhum espaço para dúvidas ou erros a se cometer. Os desenhos das obras também devem ter descrito todos os materiais que serão necessários para a sua criação.

Revisão e aprovação

No caso de existir dúvidas ou algum erro ser localizado antes do início da obra, revisões serão solicitadas no projeto de construção.

É de grande importância que o planejamento do projeto seja analisado em grupo (todos que estão envolvidos nele), para evitar que erros que alguém não enxergou passem batido e tragam problemas quando tudo estiver em andamento.

Legalização da obra

Apenas com a base do projeto montada, já é possível prepará-lo junto com a documentação necessária para conseguir o aval da prefeitura.

Por isso a importância de estar alinhado ao plano diretor, porque é uma importante diretriz a seguir para que projetos sejam aprovados facilmente. Algumas taxas também devem ser pagas durante esse processo.

Uma obra só pode começar a ser executada se tiver a aprovação total da prefeitura, então essa é uma etapa vital e deve ser feita com toda atenção.

Se isso não for feito, todo o andamento da construção pode atrasar e o planejamento do projeto irá ficar defasado, tendo que começar tudo desde o início.

Depois da aprovação, a prefeitura continua observando a obra durante a execução, e quando ela se conclui, recebe uma visita de especialistas para garantir questões de segurança.

Definição de prazos

Com os documentos para o aval da prefeitura em mãos, o próximo passo importante a se planejar é a definição de prazos.

Deve haver um plano de data final de cada serviço e também da obra como um todo, além da data de início e fim de serviço de cada equipe que fará parte da obra.

É nessa etapa que o calendário de realização da obra é criado, com um calendário preciso no processo de construção com as datas reais da conclusão das obras, os atrasos serão evitados.

Orçamento de materiais e mão de obra

A última etapa do planejamento é fazer o orçamento dos materiais que serão usados, desde blocos e cimento até gesso 3d quarto, além da mão de obra que será necessária.

Nesse orçamento, além de haver os gastos com materiais e mãos de obra, também deve conter a quantidade de cada um dos itens e de colaboradores.

A junção dos custos e quantidade de materiais e trabalhadores necessários, taxas e outras despesas para imprevistos, será o custo total que a obra terá.

Execução e acompanhamento

Do planejamento, essa é a última etapa, antes do início da obra pode acontecer mudanças no  projeto, nos prazos, nos custos e na legalização da obra.

Mas se todas as etapas anteriores tiverem sido bem elaboradas, qualquer eventual mudança, como a manutenção de banheira jacuzzi, será fácil de fazer.

Começando sua obra reduzindo os custos

O controle e a redução dos custos em uma obra são duas das principais preocupações que o setor de construção civil tem. Muitas estruturas elaboram orçamentos que, no final, saem bem mais caros do que o planejado.

Com o mercado cada dia mais concorrido, a redução de custos em uma obra se torna muito importante. Pensando nisso, a seguir separamos as 5 principais dicas para ajudar a reduzir os custos de quem está começando uma obra.

  1. Revise o plano de obras 

O plano de obras deve estar 100% concluído antes do início da execução da obra. Mesmo que seja uma obra grande, um bom planejamento ajuda a reduzir gastos que não são necessários.

Revise o plano de obras inteiro, desde o orçamento da obra, a realização de um projeto em estrutura metálica e o cronograma das etapas até a definição dos equipamentos e mão de obra a serem utilizados.

  1. Escolha materiais de boa qualidade

A compra de um material, só porque ele é o mais barato, pode ser um dos maiores erros a se cometer na execução de uma obra.

É importante investir em bons equipamentos para diminuir ao máximo as chances de problemas, e não acabar atrasando a obra por conta disso.

Mas isso não significa que o cliente deva comprar os materiais mais caros, portanto, pesquise os mais similares e que trarão o mesmo resultado para garantir o custo-benefício.

  1. Monitore o seu estoque

No local da obra mesmo, é importante escolher um ambiente seco e fechado para colocar os materiais que serão usados, garantindo a conservação deles.

Ter controle da entrada e saída de materiais ajuda a aumentar a produtividade. Essa questão é essencial para evitar situações como perdas de materiais ou roubos.

  1. Controle os resíduos

Em canteiros, é muito comum haver um grande desperdício de matérias por serem julgadas não serem mais úteis para nada.

Eles acabam sendo descartados de forma errada e causam prejuízos tanto para o dono da obra quanto para o meio ambiente.

Isso porque esses materiais podem ser usados em outras áreas da obra com um sistema de reaproveitamento de materiais, inclusive, a lei PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos) apoia essa iniciativa.

Logo, um conserto motor de piscina é mais indicado do que a compra de um novo.

  1.  Mão de obra qualificada

Um outro ponto importante para considerar é a mão de obra qualificada para assumir o serviço, logo, avalie o histórico profissional da equipe, desde o engenheiro ou arquiteto até todos os demais trabalhadores de apoio.

Todos devem estar aptos a executar suas funções com eficiência e maior qualidade possível. Vale lembrar também que motivar essas pessoas as ajudam a produzir melhor.

Mesmo com o planejamento de obras perfeito e seguindo essas dicas, imprevistos podem acontecer, como algum prestador de serviço faltar ou se machucar na obra.

Sendo assim, é importante se preparar para estar pronto quando algum problema incomum aparecer, e evitar que ele aumente ainda mais, atrapalhando o prazo de conclusão da obra.

Considerações finais

Um planejamento precisa se atentar a pontos importantes, como os impactos negativos e positivos da obra, assim como os diversos aspectos abordados ao longo deste artigo.

Portanto, ele deve ser feito o mais minuciosamente possível, e conter todas as informações necessárias para uma obra ser executada da melhor maneira e sem dores de cabeça, e muitos custos desnecessários podem ser cortados ou evitados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

About author

Articles

PORTALBELMONTE é um portal de notícias de Belmonte e região com mais de 20 anos de credibilidade trazemos sempre o que acontece de mais relevante para você. Telefones: (73)99954-2314 Endereço: Travessa Santo Antonio, 13 - Barrolândia - Belmonte - BA
Related posts
Diversas

Os 5 principais benefícios de ter uma arma segura em sua casa

Share on Facebook Share …
Read more
Diversas

Qual o score mínimo para cartão de crédito?

Share on Facebook Share …
Read more
DiversasEconomia

O que é risco de mercado?

Share on Facebook Share …
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CleverNT: 58242 Visits Devices Code Obs Start: 2022-04-01 End: 2022-04-30 Copy the code. Paste it on the source code of your website, near the bottom, just before ex: same way you insert the google analytics script/code In case you're using banners, you also need to add the Tag: