BK2

QUANDO A LAGARTA NÃO SE TRANSFORMA EM BORBOLETA!

A política é a arte das artes e é o que melhor pode ser denominado de ópera-bufa! É nela onde o enfermo promete cuidar da saúde dos outros; os semi-analfabetos prometem resolver todos problemas da educação; o desempregado garante que gerará  emprego e renda e o pobre diz que fará o povo prosperar!

A politica é onde o inimigo de ontem é o amigo de hoje e vice-versa! É onde os opostos se convergem na estratégia de usar e abusar de eleitores ignorantes, venais e alienáveis; onde a corrupção é democrática e lagarmente praticada por “gregos e troianos” e onde a verdade é a maior vítimas das relações humanas!

A politica é mágica: faz pessoas serem solícitas, sorridentes e agradáveis, quando estão sendo candidatas; faz acalentar os intolerantes, condescendentes os preconceituosos, antirracistas quem sempre discriminou negros, empático o xenofóbico, complacente o homfóbico e faz o torcedor fanático de Flamengo vestir a camisa do Vasco!

A política é praticada por 5% de protagonistas bem intensionados, que agem com abnegação para melhorar a qualidade de vida das pessoas e também é o ambiente mais hostil para comportamentos decentes, éticos, sérios e honestos. A dignidade da maioria absoluta dos politicos, tem a mesma equivalência de titica de galinha.

A política é onde o sujeito para ser eleito, se apresenta com a beleza, leveza e carisma de uma borboleta, para depois de diplomado e empossado, se revela a lagarta que sempre foi. Este fato não significa que não exista o lado Bom da política, que edifica, ampara, prospera, auxilia, exemplifica, orgulha, alegra e atua para a felicidade e desenvolvimento humano!

Memórias de um amigo.

Sair da versão mobile