Prefeitura de Belmonte recorrerá à União para complementação necessária para integralizar o novo  piso nacional do magistério

O Aumento de 33,24% no piso nacional do magistério foi divulgado pelo governo federal e está em debate em diversas cidades do Brasil.

Diversos governos estaduais e prefeituras vem demonstrando preocupações financeiras com o novo reajuste e o impacto dele para as contas públicas, e para isso, os mesmos estão se mobilizando para solicitar apoio financeiro do governo federal para alcançar o piso nacional a partir de recursos da União.

Em Belmonte a decisão do Prefeito Bebeto Gama, considerando a relevância do trabalho dos professores, é garantir meios para viabilizar a valorização da categoria. “Além dos salários, é preciso manter as escolas funcionando, pagar aluguéis de anexos, transportar as crianças nas estradas e nos rios (transporte escolar), merenda escolar, além de material didático. Portanto, é necessário termos uma saúde fiscal eficiente que nos permita  suportar esse aumento de forma responsável. As manifestações realizadas em todas as partes do país por parte da categoria são importantes e estão repercutindo favoravelmente para o movimento municipalista, chamando a atenção do governo federal para a difícil realidade financeira vicenciada pelos municípios, reforçando a necessidade da complementação para que o novo piso venha ser pago”, afirma a administração do executivo municipal.

ASCOM/BELMONTE

PORTALBELMONTE é um portal de notícias de Belmonte e região com mais de 20 anos de credibilidade trazemos sempre o que acontece de mais relevante para você. Telefones: (73)99954-2314 Endereço: Travessa Santo Antonio, 13 - Barrolândia - Belmonte - BA