Montes Claros

Moradores do bairro Alterosa em Montes Claros reclama das crateras nas suas ruas

A Avenida Mirtes Matos Gomes, que é a principal, está tomada pelas crateras

O bairro Alterosa está sofrendo com as crateras em suas ruas, que estão as deixando intransitáveis e impedindo inclusive a chegada de ambulâncias e viaturas militares. O drama foi relatado pelos líderes comunitários Geraldo Eustáquio Ferreira Cardoso e Lúcia de Fátima Moreira Ribeiro, que esperam uma reação imediata do prefeito Humberto Souto, para patrolar as ruas e avenidas, em primeiro momento, e, depois, fazer o asfaltamento. O bairro Alterosa tem aproximadamente 3.000 moradores. O secretário municipal de Infraestrutura, Guilherme Guimarães, explica que pretende visitar o local e discutir a situação dessas ruas. Dentro de pouco tempo contará com sua Unidade Básica de Saúde e o CEMEI, obras que estão bem adiantadas.

A situação das ruas impressiona: os dois líderes comunitários citam o caso da Avenida Mirtes Matos Gomes, que corta todo bairro e deságua no Anel Rodoviário. O local está intransitável e eles chegam a ironizar: “é ideal para a prática de MotoCross e trail, pois os obstáculos são naturais”. A mesma situação de repete em outras ruas, como a Nova Esperança, Soledade, Concordia, J e M. O apelo deles é para assegurar o tráfego, passando uma patrol para acabar com as crateras. A situação incomodou tanto que o morador Marcos Antônio Rodrigues tomou a iniciativa de, por conta própria, tampar os buracos em frente a sua casa, ele que reside no bairro há nove anos e esbarra na dificuldade para sair de casa.

O líder Geraldo Eustáquio cita que outro problema do bairro é a barroca, que se inicia na rua Justiniano Novais e deságua no Córrego Bicano. O local precisa ser tapado, mas desde que se faça a drenagem, com a colocação de manilhas. Ele afirma que há 20 anos prometem essa obra, principalmente na época de política. A consequência é que a água destrói todas as ruas.

Outro sério problema enfrentado é a falta de uma associação dos moradores. Geraldo Eustáquio salienta que a entidade ficou inativa e, por isso, desmobilizou a população. A professora aposentada Lúcia de Fátima, protetora de animais, mora no bairro há cinco anos e utiliza um megafone para mobilizar os moradores. Afirma que além das ruas precárias, ainda vem o problema do transporte coletivo urbano, pois a linha 6607 teve de ser desativada por causa da precariedade da rua Mirtes Matos Gomes. O bairro tem apenas uma rua.

O líder comunitário Geraldo Eustáquio Ferreira fiscaliza os buracos bairro Alterosa em Montes Claros
O líder comunitário Geraldo Eustáquio Ferreira fiscaliza os buracos bairro Alterosa em Montes Claros

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

Related posts
Montes Claros

Cemig realiza manutenção na rede elétrica de Montes Claros

Cemig realiza manutenção na rede elétrica de Montes Claros A Companhia Energética de Minas…
Read more
Montes Claros

Concerto virtual marca 60 anos da Orquestra Sinfônica Nacional

Repertório inclui Bachianas Brasileiras nº 7, de Heitor Villa-Lobos A Orquestra Sinfônica…
Read more
Montes Claros

MMA leiloa parques nacionais em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Aparados da Serra e Serra Geral inauguram novo modelo de concessões O Ministério do Meio…
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *