Prepare-seSaúde

Saiba como fazer a limpeza do seu aparelho ortodôntico

O uso de procedimentos ortodônticos deixam os dentes mais vulneráveis a ter acúmulo de resíduos alimentares e, assim, risco de doenças bucais. Portanto, é preciso saber fazer a limpeza do aparelho corretamente para manter a saúde bucal junto ao endireitamento dos dentes. 

Para se ter uma ideia da importância dos tratamentos, e de sua correta manutenção, estudos mais recentes mostram que 35% da população brasileira precisa de aparelho ortodôntico e, por isso, esse procedimento não pode ser esquecido ou negligenciado.

Ao mesmo tempo, é preciso estar atento às práticas de higiene bucal para, assim, evitar que haja acúmulo de bactérias e que resulte em possíveis doenças bucais, como:

  • Mau hálito;
  • Cárie;
  • Gengivite;
  • Tártaro;
  • Endocardite;
  • Aftas e lesões malignas.

Confira nos tópicos a seguir como fazer a higienização correta dos tratamentos ortodônticos, conforme o método usado, para garantir ainda mais beleza e saúde para seu sorriso.

Como higienizar o aparelho dental: ferramentas e escovas

Existe uma escova de dentes ortodôntica que pode ajudar muito na hora da higienização bucal do paciente que usa aparelho, principalmente o modelo fixo. 

A diferença dessa para as demais é que a ortodôntica possui uma canaleta central que facilita a limpeza das laterais dos dentes e do próprio aparelho.

Além disso, a diferença nas alturas da escova facilita o contato das cerdas com a superfície maior do dente e do aparelho, bem como dos vãos existentes entre a estrutura do tratamento e o dente.

Ainda falando sobre escovas especializadas, existe a interdental, que é feita para limpar a placa bacteriana e restos de alimentos e bactérias que se acumulam nos dentes e entre eles.

Essa escova possui cerdas cilíndricas, que contribuem para quem utiliza aparelhos ortodônticos, implante dentário, pontes fixas e etc, realizando uma higienização mais profunda e eliminando resíduos presos.

Ao escovar os dentes é preciso lembrar de usar pouco creme dental, apenas o suficiente para a escovação para não fragilizar o esmalte. 

Para isso, o indicado é colocar uma quantidade equivalente a um grão de ervilha, ou o indicado na embalagem ou pelo profissional.

Vale mencionar ainda que existem alguns modelos de pasta que protegem bastante o esmalte do dente, bastando olhar qual a quantidade de flúor em sua solução.

Há ainda o modelo de escova conhecido como bitufo, que visa realizar uma escovação mais suavizada e por ter a ponta arredondada alcança a gengiva, removendo placas sem machucá-la, sendo muito eficaz por conter dois tufos menores de cerdas.

Assim como a escova, existe um fio dental específico para contribuir com a higienização do aparelho, removendo a placa bacteriana. Ele possui fibras que conseguem limpar as superfícies entre os dentes e próximos da gengiva. 

Por fim, toda rotina de hábitos de higienização bucal precisam ser mantidos na regularidade tradicional de ao menos três vezes ao dia.

O uso do enxaguante bucal, também deve ser mantido, sendo indicado bochechar a substância por pelo menos 30 segundos.

Como limpar cada tipo de aparelho

Apesar dos materiais usados geralmente se manterem, o processo realizado dependerá da estrutura, ou seja, do modelo usado.

No caso do aparelho ortodôntico fixo, por exemplo, deve-se passar o fio dental com o passa fio nos dentes e próximo aos fios.

A escovação será feita com a escova ortodôntica (com movimentos de vai e vem na área de mastigação e de baixo para cima na parte interna). Já para limpar os espaços entre os dentes e ao redor dos braquetes usa-se a escova interdental e, por fim, deve-se bochechar o enxaguante bucal com flúor.

Já para o aparelho móvel, a limpeza é mais fácil, pois é possível removê-lo da boca e colocá-lo dentro de um copo com soluções para limpar o aparelho. Também pode-se lavá-lo com a própria escova de dentes ou uma escova tradicional específica para ele. 

Os dentes deverão ser escovados normalmente, respeitando os processos e materiais para a higienização completa.

No caso do aparelho dental invisivel também há a possibilidade de remoção da estrutura da boca.

Assim, deve-se fazer a higienização dos dentes normalmente e lavar o aparelho invisível com uma escova de dentes de cerdas macias sem o uso do creme dental, pois pode modificá-lo.

Após isso, deve-se lavar o aparelho com água corrente para remover toda a sujeira e guardá-lo em uma caixa específica, evitando o contato com bactérias.

Além disso, ao armazenar, é preciso ter atenção com o aparelho invisivel por não possuir coloração, para que não seja perdido ou quebrado.

Além disso, se não higienizado corretamente, assim como a boca, a sujeira poderá ficar em maior destaque, o que pode prejudicar a estética do sorriso, que é o principal diferencial desse procedimento ortodôntico, ou mesmo favorecer a proliferação de bactérias.

Aparelho ortodôntico é prioridade

O aparelho ortodôntico é o procedimento principal da odontologia, pois ele consegue consertar dois dos principais problemas estruturais da arcada dentária, que são: má oclusão e dentes tortos. 

Além disso, ele pode influenciar na mastigação, dores, fala e até na respiração, além de ser determinante no bem-estar e autoestima dos pacientes.

Por isso, ele deve ser prioridade e bem feito, acompanhado da avaliação do profissional certificado e dos hábitos de higienização bucal.

Inclusive, caso houver necessidade, pode ser preciso que o paciente utilize o aparelho ortodôntico antes de realizar outro procedimento odontológico e até estético, como harmonizações.

Vale dizer que um método conhecido e vantajoso é o uso de lente de contato dental, mas mesmo ela pode demandar o uso do aparelho.

Isso porque, mesmo que as lentes consigam melhorar a funcionalidade e aparência dos dentes, preenchendo os espaços, corrigindo quebras, alinhando o sorriso e melhorando a coloração, seu uso é mais indicado para pequenas correções de alinhamento, podendo ser necessário o uso do aparelho.

Assim, para ter um sorriso bonito no rosto, é preciso que ele seja saudável, funcional (mastigar ou falar) e o aparelho dentário é o procedimento – mesmo nos modelos estéticos – mais indicado para isso.

Assim, após consertar os dentes tortos, para promover um sorriso ainda mais bonito e saudável, o paciente pode verificar – no caso do amarelamento – procedimentos como o clareamento dental ou a colocação da lente para os tão desejados dentes brilhantes.

Por fim, lembre-se que o modelo fixo, após removido, pode demandar uma limpeza mais profunda e recuperar o tom pode ser muito vantajoso para a saúde mental.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, com dicas e conteúdos ricos, sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

Related posts
Prepare-se

Gucci: 8 curiosidades sobre a marca

Por ser uma das marcas de luxo mais desejadas, um dia você pode admirar um saco Gucci e no próximo…
Read more
Prepare-se

Estilizando Panos de Prato atacado

Os panos de prato atacado não são úteis apenas na hora de cozinhar e de secar a louça, mas…
Read more
Prepare-se

TIM Black Família: conheça os planos para sua família

A sua família fica toda conectada pelo celular? Você conversa com seus filhos pelo WhatsApp, bem…
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *