BK2

Grupo City prepara investimento recorde e se aproxima da compra do Bahia

O Grupo City está bem perto de acertar a compra do Bahia. Segundo informações do programa Sport+ Rádio Sociedade, a proposta do City estaria no valor entre R$450M e R$600M, o maior investimento do futebol brasileiro, Cruzeiro e Botafogo.

“Segundo um dirigente do Bahia, a auditoria está em fase final. Foram dois meses de negociação, e será o maior investimento do Brasil, maior que o do Botafogo e o Cruzeiro. O conselho já aprovou e será a salvação do Bahia”, diz. 

O programa ainda traz mais informações de como funcionaria o Bahia, caso o clube realmente fosse vendido ao Grupo City.

A venda de jogadores, o City terá prioridade na compra. Caso a negociação seja concretizada, toda a diretoria será destituída e o investimento será somente no futebol”, afirma.

Escudo, uniforme e cores do Bahia vão mudar?

Segundo informações da página The Citizens Brasil, existe uma proteção para que não seja feita uma mudança nos detalhes do clube.

“Segundo alguns colegas a SAF tem proteção quanto ao nome, símbolo e cores do clubes se o CFG aceitar no máximo vai ter mudanças mínimas no escudo pra padronizar e o uniforme 2”, escreve. 

A Busca do Grupo City por um clube no Brasil

Segundo o jornalista Jorge Nicola, o Grupo City consultou 10 clubes brasileiros.

Segundo o jornalista a primeira intenção do Grupo City era de comprar um grupo paulista, que estivesse na Série A ou B do Campeonato Brasileiro, mas até clubes que não estavam nessas divisões foram consultados. Com isso foram sondados OesteFerroviáriaBotafogo-SP e o Novorizontino.

Além dos paulistas, outros clubes foram consultados, inclusive, times que estão na Série A do Campeonato Brasileiro. São eles: AméricaMGBotafogoAthletico. Cruzeiro, que foi comprado por Ronaldo Fenômeno também foi consultado.

Londrina e Bahia foram os outros dois clubes procurados pelo grupo. Tudo indica que a sede do City no Brasil vai ser em Salvador.

Sair da versão mobile