BK2

Fusão DEM-PSL terá caixa de R$1 bilhão.

A advogada Maria Emília Rueda vai comandar um dos cofres mais abastecido da política brasileira, estimado em R$1 bilhão. Ela foi escolhida a tesoureira do novo megapartido União Brasil, fusão do DEM com o PSL. 

O caixa do União Brasil leva em conta o saldo dos fundos partidários do DEM e do PSL, acrescido do fundão eleitoral, cujo reajuste é esperado para o Orçamento de 2022. Atualmente, a verba pública destinada às duas siglas está na casa de R$460 milhões. Caberá à tesoureira organizar a distribuição do dinheiro aos diretórios estaduais.

O União Brasil pretende lançar candidato à Presidência e 12 nomes para governador, além de candidatos ao Senado e à Câmara dos Deputados. A disputa pelo dinheiro vai ser grande. 

Sair da versão mobile