Prepare-se

Estresse no trabalho e seu impacto na saúde

O estresse no trabalho pode gerar diversos problemas físicos, mentais e, inclusive, para a saúde bucal das pessoas.

O ritmo incessante vivido nas grandes empresas torna o trabalho diário um grande desafio, principalmente pela pressão, cobrança por resultados, salários incompatíveis e outros fatores que influenciam diretamente na qualidade de vida dos trabalhadores.

Neste artigo, falaremos sobre como se dá essa influência, quais são os aspectos que mais contribuem para que o estresse aumente, como as empresas podem combater isso e soluções para que os impactos não sejam tão negativos na saúde.

Como surge o estresse?

O estresse é uma condição que afeta as pessoas, afetando – principalmente – a parte psicológica. 

Ele é uma resposta do organismo a algum estímulo, podendo desencadear em outras condições mais perturbadores ainda, afetando diretamente a saúde corporal e bucal.

Assim, quando uma pessoa está estressada, ela tem algumas tendências comportamentais, como:

  • Impaciência;
  • Fadiga mental;
  • Isolamento;
  • Mais suscetível à discussões.

Além das características mentais geradas pelo estresse, o corpo também pode ser afetado diretamente, gerando dores de cabeça, enxaquecas e fadiga muscular, principalmente por conta dos efeitos psicossomáticos.

Causas do estresse no trabalho

Diversos motivos podem tornar uma pessoa estressada. Essa é uma condição que pode ser contínua ou de momento, ou seja, uma pessoa pode se sentir estressada em um certo período por um acontecimento específico, retornando à tranquilidade.

No entanto, do mesmo modo, ela pode estar sofrendo com um estresse mais duradouro, que pode se mostrar em picos e afetar, inclusive, a ansiedade.

Como dissemos anteriormente, o estresse pode começar a partir de uma situação de pressão ou então horas aumentadas dentro do ambiente de trabalho, que diminuem o tempo de lazer e das horas para dormir.

Outras vivências também podem contribuir com isso, tornando algumas questões mais sensíveis devido ao acúmulo do estresse.

Como o estresse influencia no trabalho

O estresse pode prejudicar de diversas formas o desempenho dos profissionais em seus empregos, causando, inclusive, o afastamento por tempo indeterminado dos profissionais.

Segundo dados recentes da OMS, 33% das pessoas que se afastam do trabalho se encontram em uma condição de estresse extremo, que os impede de focar no trabalho e realizar as atividades programadas e, por isso, acabam se ausentando.

Outros problemas que podem gerar estresse, como a ansiedade, também interferem na presença dos profissionais em seus empregos, sendo que, de acordo com esses dados, 63% das pessoas que se afastam do trabalho possuem níveis de ansiedade acima do normal.

O estresse e a saúde bucal

Além de causar problemas mais alarmantes para as condições físicas e mentais das pessoas que estão em estado de estresse, esse problema também pode afetar a saúde bucal.

Naturalmente, é fundamental que haja uma higienização bucal adequada para evitar problemas recorrentes e, quando algo interfere na escovação, pode prejudicar a saúde geral.

Nesse sentido, cabe dizer que o estresse é uma condição que pode impactar na higienização por diversos motivos, havendo – inclusive – a ausência de percepção quanto à saúde bucal. 

Pessoas estressadas tendem a não se preocupar com essas questões, deixando de realizar a higienização durante o dia, seja pelo impacto na saúde mental, ou mesmo pela pressão sofrida para realizar atividades que considere mais urgentes.

Além disso, os hábitos alimentares podem ser modificados durante um período de estresse, pois o foco e as preocupações mudam. Com isso, as pessoas podem consumir bebidas alcoólicas em excesso, refrigerantes, comidas açucaradas, além de produtos industrializados e snacks não saudáveis.

Outro fator que pode surgir é o início do vício em cigarro. Como esse hábito de fumar está ligado com a ansiedade, que pode ser decorrente do estresse, as pessoas passam a fumar desenfreadamente e isso pode ser bastante prejudicial.

O cigarro pode causar sérios problemas nos dentes, como prejudicando a coloração dos dentes, deixando-os amarelados e manchados. Nesses casos, o tratamento de clareamento dental pode ser recomendado para disfarçar essa condição adversa.

Dessa maneira, é fundamental que, em momentos de estresse, as pessoas redobrem os cuidados com as práticas tidas diariamente. 

Evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, fugir do cigarro, seguir cuidando da higiene bucal e se alimentar corretamente é uma ótima maneira de evitar que seja necessário a realização de tratamentos de correção.

Por fim, cabe ressaltar que manias como roer as unhas também são prejudiciais para a saúde bucal, pois favorecem a proliferação de bactérias e pode afetar a estrutura com as mordidas e tensões dentais frequentes.

Outro fator em relação à estrutura dental e o estresse é que quadros de bruxismo podem ser desencadeados ou agravados, causando trincados e fraturas dentais ou mesmo a quebra de tratamentos como aparelhos.

Para esses quadros, pode ser necessário verificar com os profissionais se há a possibilidade do uso do aparelho móvel, conciliando com os moldes intraorais no período noturno para amenizar os efeitos do bruxismo.

Considerações finais

Neste artigo, mostramos que o estresse é um problema recorrente e que atrapalha a vida das pessoas. Essa condição pode ser causada por uma série de situações, como a rotina incessante do trabalho, problemas de relacionamento e até financeiros.

Dessa forma, o estresse pode gerar complicações para a saúde física, mental e bucal, sendo fundamental redobrar a atenção a essas condições nesse momento para evitar doenças bucais e até prejudicar tratamentos que estejam em andamento, como o aparelho ortodôntico para correção da mordida.

Nesse sentido, é preciso destacar, ainda, que, como dito, a saúde bucal também pode influenciar na saúde mental, criando um ciclo em relação aos cuidados e crises de estresse e ansiedade.

Assim, caso seja necessário recorrer a algum tratamento odontológico, como realizar a colocação de um aparelho dentário, é crucial que haja o acompanhamento profissional para avaliar as condições bucais e tendência ao estresse, adequando o tratamento às necessidades.

Além disso, o aspecto estético também pode ser considerado, como a colocação dos modelos transparentes, de modo que a autoimagem não seja prejudicada durante o tratamento.

Já em casos mais graves, em que o estresse desencadeou quebras mais profundas ou mesmo inflamações que atingiram a raiz dental, a extração pode ser necessária. 

Nesses casos, a colocação de um implante dentário pode ser realizada para repor os dentes perdidos e recuperar a autoestima, fala e mastigação, que podem ser prejudicadas.

Assim, não só os cuidados diários devem ser mantidos, como também os atendimentos psicológicos e odontológicos devem ser mantidos de forma frequente, para um melhor acompanhamento da saúde e do bem-estar.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.

Banner de propaganda da agência de sites GR3 WEB

Related posts
EsportesPrepare-se

Bahia está na final da Copa do Nordeste, Vitória foi eliminado

A rodada semifinal da Copa do Nordeste de futebol, no sábado (24), definiu os finalistas da…
Read more
Prepare-se

Gucci: 8 curiosidades sobre a marca

Por ser uma das marcas de luxo mais desejadas, um dia você pode admirar um saco Gucci e no próximo…
Read more
Prepare-se

Estilizando Panos de Prato atacado

Os panos de prato atacado não são úteis apenas na hora de cozinhar e de secar a louça, mas…
Read more
Newsletter
Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo exclusivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *