BK2

Ato simbólico marca os 130 anos de emancipação política de Belmonte

Obedecendo às recomendações das autoridades de saúde o ato cívico de hasteamento de bandeiras em comemoração aos 130 anos de emancipação política da cidade de Belmonte  aconteceu sem a presença do público.

Na fachada do prédio da Sede do Poder Executivo, o prefeito Bebeto Gama, Cabo Castro e o presidente da Câmara Municipal, Luciano Andrade participaram do ato cívico de hasteamento de bandeiras. Também estiveram presentes no ato solene o vice-prefeito Flavielle de Sá, os vereadores Viriato, Luciano, Paulinho, Thyara, Daco e Dr. Mauricio. Além da representatividade do secretariado municipal, da Loja Maçônica, da Filarmônica Lyra Popular e da 15 de Setembro,  da Policia Militar e servidores municipais.

A solenidade foi iniciada com 1 minuto de silêncio em respeito aos mortos  pela covid-19 na cidade.

Em seguida, as bandeiras foram hasteada ao som do saxofonista Gentil que executou o Hino Nacional e Luisa Paixão executou  no piano o Hino de Belmonte.

 Com um público pequeno devido as restrições o ato cívico foi transmitido via live, onde em um dos momentos o deputado Federal Claudio Cajado entrou ao vivo para homenagear Belmonte e todos os belmontenses por essa data dos 130 anos de emancipação politica.

O prefeito Bebeto Gama Durante seu discurso baseado em Eclesiastes 3, falou das dificultardes e conquista até o momento.

“É um aniversário bem atípico aqui na cidade, mas temos muito o que comemorar e quando tudo isso passar vamos festejar como nossa querida Belmonte merece. Desejo a todos os belmontenses esperança para superarmos essa pandemia e muita saúde para que juntos possamos continuar trabalhando para o desenvolvimento do nosso povo. Este é um momento muito importante para nós belmontenses. Comemorar a emancipação da cidade em um período de pandemia requer novos desafios. O mundo vive dias de muitas lutas, mas mantemos otimismo que dias melhores virão. O povo de Belmonte é uma referência em termos de fé, esperança e coragem. Tem sido uma luta difícil, mas unidos venceremos e em breve teremos o Brasil todo livre do coronavírus”, concluiu  Bebeto

Sair da versão mobile