A Gata da semana | Conheça as VERDADEIRAS “Garotas do Café” de Itabela

Itabela é uma das jovens cidade que mais produz CAFÉ CONILON Na Bahia, para manter essa produção várias mulheres ingressam no trabalho que envolve essa cultura, desde a planta até a colheita. Em julho se comemora o mês da mulher negra, latinocaribenha, lembrete do poder, e da força da mulher.

Lembrar da força da mulher, nos faz entender que, não importam os desafios e adversidades, por mais difícil que sejam, nada vai impedir que elas realizem seus sonhos. As lutas femininas se entrelaçam neste mês na colheita do café no Extremo Sul da Bahia, em especial, na cidade de Itabela. Em toda a cidade, é possível perceber o universo de cada mulher, desde às jovem e senhoras que colhem café, da escritora ou modelo, muitas são as faces, lutas, conquistas e anseios deste sexo que nada tem de frágil.

Em muitos casos, por traz das roupas largas, dos chapéus e de todos aparatos utilizados como proteção durante o trabalho braçal que exige a colheita, é possível ver a delicadeza, o brilho do olhar, o perfume e a simpatia que exala de cada companheira. Ao se despirem dos aparatos de trabalho se percebe mais claramente a beleza que estava oculta.

A representatividade feminina nas lavouras de café, não pode ficar só na lavoura, é preciso extrapolar essa bolha que insiste em ofuscar o brilho emanado por elas. Atualmente há um grande debate sobre ocupar ou não os espaços de moda que envolve a disputa da ‘GAROTA DO CAFÉ’, concurso promovido anualmente pelos organizadores da ‘Festa do Café’. 

Talvez, o problema maior não seja simplesmente a vontade de ocupar, mas as condições para disputar o concurso, bem como as dificuldades e privações exigidas para tal feito. A falta de apoio, de reconhecimento e o modelo “padrão de beleza”, que a sociedade tentar impor tem sido obstáculos que impedem que as mulheres que colhem café participem e disputem de pé de igualdade com garotas mais abastadas.

“As mulheres que acordam cedo em busca de suas conquistas na lavoura, são incansáveis quanto ao que querem, na busca por reconhecimento e seu lugar ao sol são guerreiras, na lavoura não colhe apenas café, colhem seus sonhos, essas mulheres brilham em qualquer lugar. Por isso convidamos ‘todos’ a se despirem de seus preconceito, apreciar e contemplar o ensaio dessas mulheres resilientes, resistentes e poderosas, as quais buscam uma oportunidade de provar seu valor”, destacou Gustavo Costa, responsável pela promoção e produção do vídeo.

O projeto visando promover e valorizar as mulheres que trabalham na colheita do café, foi edealizado por Letícia Silva e Beatriz Soares.

Fonte: Gustavo Costa | Fotos: Mila Santana

PORTALBELMONTE é um portal de notícias de Belmonte e região com mais de 20 anos de credibilidade trazemos sempre o que acontece de mais relevante para você. Telefones: (73)99954-2314 Endereço: Travessa Santo Antonio, 13 - Barrolândia - Belmonte - BA