Brasil
Publicada em 07 de Novembro de 2017 ás 11:30:02

Dicas para melhorar a convivência entre cães e gatos

O amor de muitos tutores de cães se estende aos gatos, que também são animais maravilhosos, mas em alguns casos a convivência entre as espécies fica difícil e parece até impossível. Para que as pessoas não deixem de ter esses animais maravilhosos, nós trazemos ótimas dicas de como agir para planejar ou melhorar a convivência entre cães e gatos.

Planejando
Se você não tem nem cão nem gato e quer os dois, optar por adquirir filhotes juntos é uma ótima ideia, isso porque filhotes tem maior facilidade em se adaptar a outras espécies por não terem tido nenhuma experiência ainda.
 
Se você já tem um cão adulto, e quer um gato, optar por adotar um filhote é melhor do que adotar um gato adulto, pois tanto o gato tem mais chances de não ter medo do cão, quanto o cachorro pode ficar mais tranquilo por ser um filhote.
 
Se você tem um gato adulto e quer adotar um cão, pode optar por cães filhotes e se estiver pensando em adquirir um cão de raça, optar por raças com níveis de energia mais baixa pode facilitar no processo, já que o grande problema entre cães e gatos são os níveis diferentes de energia.
 
Aproveite para conferir nosso artigo sobre como e porquê criar seu cão de forma independente
 
Educando o animal que já é da família
Se você já tem um cão, socializa-lo, tanto com pessoas, cães e com gatos, pode ajudar muito caso deseje ter um gato no futuro, muitas pessoas já tem cães e pensam em ter gatos, mas ficam com medo.
 
Que tal investir esse tempo em ensinar seu cãozinho a conviver bem com qualquer outra espécie? Ajuda-lo desde novo a respeitar o limite dos outros, terminando as brincadeiras quando ele morde e fazendo-o socializar com outros animais, ajuda a facilitar o processo de acostumar o cão à convivência com um gato.
 
Se você tem um gato adulto e quer adotar um cão, pode optar por cães filhotes e se estiver pensando em adquirir um cão de raça, optar por raças com níveis de energia mais baixa pode facilitar no processo, já que o grande problema entre cães e gatos são os níveis diferentes de energia.
 
Aproveite para conferir nosso artigo sobre como e porquê criar seu cão de forma independente
 
Educando o animal que já é da família
Se você já tem um cão, socializa-lo, tanto com pessoas, cães e com gatos, pode ajudar muito caso deseje ter um gato no futuro, muitas pessoas já tem cães e pensam em ter gatos, mas ficam com medo.
 
Que tal investir esse tempo em ensinar seu cãozinho a conviver bem com qualquer outra espécie? Ajuda-lo desde novo a respeitar o limite dos outros, terminando as brincadeiras quando ele morde e fazendo-o socializar com outros animais, ajuda a facilitar o processo de acostumar o cão à convivência com um gato.
 
Se você tem um gato adulto e quer adotar um cão, pode optar por cães filhotes e se estiver pensando em adquirir um cão de raça, optar por raças com níveis de energia mais baixa pode facilitar no processo, já que o grande problema entre cães e gatos são os níveis diferentes de energia.
 
Aproveite para conferir nosso artigo sobre como e porquê criar seu cão de forma independente
 
Educando o animal que já é da família
Se você já tem um cão, socializa-lo, tanto com pessoas, cães e com gatos, pode ajudar muito caso deseje ter um gato no futuro, muitas pessoas já tem cães e pensam em ter gatos, mas ficam com medo.
 
Que tal investir esse tempo em ensinar seu cãozinho a conviver bem com qualquer outra espécie? Ajuda-lo desde novo a respeitar o limite dos outros, terminando as brincadeiras quando ele morde e fazendo-o socializar com outros animais, ajuda a facilitar o processo de acostumar o cão à convivência com um gato.
 
Se você já tem um gatinho e pensa em um dia adotar um cãozinho, tente socializar seu gato com cães, algum dos seus amigos tem cão? Convidar os dois para uma visita –se o cão for tranquilo e saudável- pode ser uma ótima ideia.
 
Cada um com seu espaço
Tanto cães quanto gatos são animais territorialistas, e deixar água e comida dos dois juntos pode dar problema assim como não pode, mas em todo caso, se você tem problemas, separe os dois e coloque o espaço de cada um de preferência em cômodos separados.
 
Não force
Os gatos costumam sofrer mais, pois são animais com uma energia mais baixa – não são preguiçosos, apenas precisam do seu espaço e fazem movimentos mais tranquilos e silenciosos – essas diferenças nas energias costuma ser o problema.
 
Forçar o gato que ficou com medo ou não quis se aproximar do cão só aumenta o problema, deixe ele se aproximar quando se sentir confortável para tal, mas procure criar uma atmosfera segura na casa. Ficar brigando com qualquer um dos dois não ajuda.
 
Cães costumam ser muito mais sociáveis, e podem apenas querer brincar com o gato que pode não querer e isso gerar uma briga, mostre ao cãozinho o que ele não pode e o que ele pode, mas se o cão é mais antigo na casa tome cuidado para que ele não sinta ciúme, jamais mude a rotina dele, ele deve sentir que o gato é algo positivo e não algo que interferiu nas coisas q ele gosta.
 
Aproveite para conferir nosso artigo sobre como otimizar o passeio do seu cão
 
Criando um bom ambiente
Isso deve se tornar um exercício diário para você e seus pets, coloque uma música legal, traga brinquedos para ambos, se você é novo com gatos saiba que caixas de papelão agradam até mais do que os brinquedos caros.
 
Brinque com os dois, mostre que podem ficar juntos sem problemas e que você dará atenção igual, gatos são mais independentes, mas podem sim ter ciúmes, então faça com que os dois se sintam amados.
 
Usar petiscos para incentivar atitudes positivas como estarem deitados juntos ou dividindo pacificamente um brinquedo, por exemplo, é uma ótima atitude e muito mais indicado do que dar broncas.
 
Dica
Por mais que você queira ver seus dois pets se divertindo juntos, às vezes pode não acontecer, entenda que se eles se respeitarem e não invadirem o espaço um do outro, e até se estiverem desprezando a presença do outro, já é um ambiente tranquilo.
 
Com o tempo eles podem passar de desprezo a grandes amigos, mas não dá pra forçar isso, tente continuar criando essa atmosfera segura para os dois e dando tudo o que precisam sem forçar maiores interações do que a que estão dispostos a ter.
 

Redação BK2 com informações do R7

 
Publicada em 07 de Novembro de 2017 ás 11:30:02
Outras Notícias de Brasil
22 de Novembro de 2017 ás 21:36:51
21 de Novembro de 2017 ás 09:35:54
10 de Novembro de 2017 ás 11:21:50
09 de Novembro de 2017 ás 13:33:00
09 de Novembro de 2017 ás 11:36:42
Big Brother Brasil
Cidades
Música
Empregos e Concursos
Economia
Carnaval
Natal
Copa 2014
Olimpíadas 2016
Mundo Rock
São João da Bahia
Radar
Mundo Gospel
Quentura
Jogos BK2
Cursos 24 horas
 
Jogue Grátis
Cursos 24 horas
Compras On-line